Adpec participa da posse popular de novo defensor durante o programa Defensoria em Movimento

O defensor público Antônio Lopes Filho recebeu posse na manhã de hoje (23), na comunidade de Capuan, em Caucaia. A posse, que foi um ato popular, visto que Antônio Filho recebeu posse solene no Consup, foi feita pelas comunidades indígenas Anacês e Tabepa, acolheram o novo defensor com uma prece ritualística, abençoando a nova missão e desejando sorte para os desafios de lutar junto ao povo.
“A comunidade é a razão da existência da Defensoria Pública e nada mais justo do que a apresentação dos defensores a vocês. Afinal, a legitimação do exercício de nossa atividade é mais plena quando conferida por vocês. Devemos buscar cada vez mais que o Estado entre nas comunidades, não só com as instituições de segurança pública, mas sim para oferecer assistência aos que mais necessitam, e a Defensoria Pública exerce papel fundamental na concretização desses objetivos”, discursou Antônio.
Antônio Filho, que atuará na região dos Inhamuns a partir de dezembro, também se filiou na Associação dos Defensores Públicos no mesmo dia. A posse popular contou com a presença de aproximadamente 60 moradores.

“Assumo aqui o compromisso de estar sempre trabalhando junto às comunidades dos municípios onde atuarei, abrindo as portas da Defensoria Pública, assim como levando a Defensoria até o povo, para que unidos, possamos defender a democracia e os direitos individuais e coletivos, sempre lutando contra o abuso estatal e pela promoção do desenvolvimento social e melhoria de vida dos mais necessitados”, finalizou.

Além da presidente da Adpec, Ana Carolina Gondim, estiveram presentes na solenidade Sérgio Marques, defensor público da união; Merilane Coelho, ouvidora geral externa da Defensoria Pública do Ceará; Cristina Silva, vice presidente da coordenação regional das comunidades quilombolas; Weibe Tapeba, liderança indígena e vereador local; Zelma Madeira, coordenadora da Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para Promoção da Iguadade Racial; e Roberto Anacé, representante do povo Anacé. Participaram também os defensores públicos Amélia Rocha, Eduardo Villaça, Erica Regina Brilhante, Fernando Regis, Jaqueline Torres e Sandra Moura de Sá.
Fonte: Defensoria Pública



Deixe uma resposta