Adpec participa do Seminário de Litigância Estratégica

A Associação vem desenvolvendo uma rede de apoios aos eventos científicos que colaboram com a atuação do defensor público além de oferecer cursos em outras áreas que contribuem para a vida profissional e/ou pessoal do associado.

Seminário sobre litigância estratégica e direito de resistência marca a importância de atuação dos defensores públicos

“A Defensoria Pública é nosso escudo”. A frase foi proferida pela diretora da Anistia Internacional, Jurema Werneck, em palestra na tarde da última sexta-feira (22) dentro do Seminário “Litigância estratégica e direito de resistência: desafios para a Defensoria pública e movimentos sociais”. O painel “Criminalização dos Movimentos Sociais e Violência Institucional” teve como presidente de mesa a defensora pública geral do Estado do Ceará, Mariana Lobo.
Werneck relatou as inúmeras mortes em periferias do Brasil por ocasião da violência. “Em 2015, o Brasil assassinou 60 mil pessoas. Não tem guerra no planeta que mate tanta gente. Trago aqui o caso do Jonathan, um jovem morto na favela de Manguinhos no Rio de Janeiro, morto pela Polícia com um tiro nas costas. Neste final de semana, uma jovem de 13 anos foi morta pela Polícia e outras três pessoas também foram assassinadas na mesma comunidade. Esse número só aumenta”. A fala dela foi de empoderamento que ressaltou a importância do trabalho do defensor público no apoio aos movimentos sociais na busca pelos seus direitos. “Gás lacrimogêneo, bala de borracha, cacetada, empurrão, dá muito medo, assusta muito, mas não é freio para a luta. Não estou recomendando ninguém a encarar não, pelo contrário, é preciso da Defensoria Pública para retaguarda, ser nosso escudo. É preciso dizer que parte do sistema de justiça está do nosso lado, porque o resto todo legitima ‘esses caras’ aí. Saibam que a gente poder repetir esse discurso de que tem autoridade do nosso lado. E isso faz toda a diferença”, disse.
A mesa de debates contou com a presença do deputado estadual Renato Roseno, do defensor público do Rio de Janeiro, Daniel Lozoya, e da ouvidora geral externa da Defensoria Pública, Merilane Coelho.
Fonte: Defensoria Pública do Estado do CearáOBS: Os próximos evento que contarão com o apoio da ADPEC serão o Congresso de Direito Civil que ocorrerá nos dias 27 e 28 de outubro em Fortaleza, no Hotel Praia Centro e a palestra do Professor alemão Robert Alexy que ocorrerá na Unifor no dia 23 de outubro. Estamos com duas (02) inscrições para sortear do primeiro evento e três (03) do segundo, dentre os associados interessados. Os interessados devem enviar email para secretaria@adpec.org.br com seu nome e o nome do(s) evento(s) de seu interesse até o dia 13 de outubro, com o sorteio ocorrendo no dia 16 de outubro na Adpec. Lembrando que a palestra do professor Alexy será em inglês.



Deixe uma resposta