Nesta sexta-feira, às 10 horas, a presidente da Adpec, Sandra Moura de Sá, e a diretora Jurídica e de Prerrogativas, Elizabeth Chagas, realizaram a segunda reunião para tratar do lançamento da campanha nacional dos Defensores Públicos, que acontecerá no dia 17 de maio, cujo tema é “Defensores Públicos – pelo Direito de recomeçar”. O encontro ocorreu na sede da Adpec e contou com a participação do coordenador da Casa do Albergado e do PACAD (Programa de Ações Continuadas de Assistência aos Drograditos do Sistema Penitenciário), Elton Gurgel, e da chefe do serviço social da Sejus, Cristiane Lima.
Ficou definido que a unidade prisional será o Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), uma vez que ali se encontram presos em regime semi-aberto. Serão selecionados os detentos que estejam participando de programas de escolarização, de trabalho e terapêutico.
Na manhã do dia 17, haverá um workshop com os detentos e seus familiares, com palestras voltadas para os presos e outras mais específicas para os parentes. Em seguida, serão apresentados os trabalhos realizados pelos detentos.
Uma nova reunião para finalizar a programação está agendada para a próxima terça-feira, 16, entre a Adpec e o diretor do IPPOO II.
 

Compartilhe

Nesta sexta-feira, às 10 horas, a presidente da Adpec, Sandra Moura de Sá, e a diretora Jurídica e de Prerrogativas, Elizabeth Chagas, realizaram a segunda reunião para tratar do lançamento da campanha nacional dos Defensores Públicos, que acontecerá no dia 17 de maio, cujo tema é “Defensores Públicos – pelo Direito de recomeçar”. O encontro ocorreu na sede da Adpec e contou com a participação do coordenador da Casa do Albergado e do PACAD (Programa de Ações Continuadas de Assistência aos Drograditos do Sistema Penitenciário), Elton Gurgel, e da chefe do serviço social da Sejus, Cristiane Lima.
Ficou definido que a unidade prisional será o Instituto Penal Professor Olavo Oliveira II (IPPOO II), uma vez que ali se encontram presos em regime semi-aberto. Serão selecionados os detentos que estejam participando de programas de escolarização, de trabalho e terapêutico.
Na manhã do dia 17, haverá um workshop com os detentos e seus familiares, com palestras voltadas para os presos e outras mais específicas para os parentes. Em seguida, serão apresentados os trabalhos realizados pelos detentos.
Uma nova reunião para finalizar a programação está agendada para a próxima terça-feira, 16, entre a Adpec e o diretor do IPPOO II.

Compartilhe