A Associação dos Defensores Públicos do Ceará publicou um manifesto na primeira página do caderno de Política, nesta quarta-feira, 24 de março. Com a assinatura de 17 entidades da sociedade civil, o manifesto pede a reestruturação da Defensoria Pública dos mesmos moldes da Magistratura e Ministério Público, trazendo isonomia com as demais carreiras jurídicas. . Na quinta-feira, 25 de março, o mesmo material será publicado no Diário do Nordeste. O objetivo é chamar a atenção da sociedade sobre a importância da reestruturação da carreira. Acesse a página do jornal.

Compartilhe