A Associação de Defensores do Ceará foi a vencedora na categoria Publicação Especial do Prêmio Nacional Comunicação e Justiça, com o Projeto Publicação de Cartilhas sobre Direitos da População. A entrega do prêmio foi realizada durante a solenidade de encerramento do Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça (CONBRASCOM 2009), promovido pelo Fórum Nacional de Comunicação & Justiça no período de 02 a 04 de setembro, no Hotel Rio Poty, em São Luis, Maranhão.
O 7º Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça contempla trabalhos das Assessorias de Comunicação do Sistema de Justiça de todo o Brasil. A ADPEC também foi finalista nas categorias Jornal, com o projeto Cidadania em Pauta (2º lugar); na categoria Conteúdo da Web, com projeto Estruturação do Site da Associação (2º lugar) e na categoria Vídeo Institucional (3º lugar).
O jornalista Paulo Henrique Ferreira, assessor de comunicação da Defensoria Público do Estado do Rio de Janeiro, ficou com o 2º lugar na categoria Projeto Institucional com o projeto Campanha Permanente Cidadania, eu Defendo.
Paralela a solenidade de encerramento foi realizada uma exposição fotográfica com o tema Direitos Sociais, que contou com o trabalho da jornalista Bianca Nascimento, da Associação dos Defensores Públicos do Estado do Rio de Janeiro.
O CONBRASCOM 2009 levou a São Luís cerca de 300 pessoas dentre os principais nomes da Justiça e da Comunicação Brasileira, ligados às Assessorias de Comunicação do Poder Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e Tribunais de Contas, ministros, bem como magistrados, procuradores e promotores de Justiça, além de estudantes universitários.

Plenária
Durante a plenária final do Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação da Justiça, realizada na tarde em 4 de setembro, os assessores de comunicação da Associação Nacional dos Defensores Públicos, Associação dos Defensores Públicos do Ceará, Associação dos Defensores Públicos do Rio de Janeiro, Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro e Defensoria Pública do Estado de Roraima, apresentaram uma carta fruto de uma reunião setorial realizada durante toda a manhã.
Na carta, os assessores reiteraram o pedido formulado na plenária do Congresso de Florianópolis, realizado em 2008, de "inclusão da Defensoria Pública no material de divulgação do Fórum/Conbrascom, assim como nas mesas de debates e palestras, já que de acordo com o art. 134, da Constituição Federal, a Defensoria Pública é instituição essencial à função jurisdicional do Estado. Ao lado do Poder Judiciário e do Ministério Público, a Defensoria Pública compõe o tripé que constitui o Sistema de Justiça Brasileiro".
 

Compartilhe