No próximo dia 13 de março, em parceria com o IPEA, a ANADEP lançará o Mapa da Defensoria Pública no Brasil. O evento será realizado no auditório do IPEA, em Brasília, a partir das 14 horas, com a presença de defensores públicos de todo o Brasil, de representantes do sistema de justiça e da imprensa.

A pesquisa faz um mapeamento inédito da presença da Defensoria Pública em todos os Estados brasileiros, retratando a atuação territorial e identificando as comarcas atendidas e não atendidas pelos defensores públicos. O estudo também promove a comparação do quadro da Defensoria Pública com o número de comarcas, órgãos judiciais e população potencialmente destinatária de seus serviços, bem como retrata o déficit latente de defensores públicos em relação a número de juízes e promotores de justiça.

“O Mapa é uma pesquisa que há anos queríamos ver realizada, para conhecermos onde a Defensoria Pública está presente, qual o perfil socioeconômico e a localização da população atendida, enfim para avaliarmos os avanços e, sobretudo, os grandes passos que faltam ser dados para universalizarmos o serviço da Defensoria Pública no Brasil”, pontua o presidente da ANADEP, André Castro.

Segundo ele , o estudo poderá ser uma ferramenta de auxílio na gestão da Defensoria Pública e de orientação para os necessários investimentos do Poder Público, na medida em quem apontará com clareza e precisão os principais obstáculos a serem superados.
 

Veículo: Ascom ANADEP
Estado: DF

http://www.anadep.org.br/wtk/pagina/materia?id=16893

Compartilhe

No próximo dia 13 de março, em parceria com o IPEA, a ANADEP lançará o Mapa da Defensoria Pública no Brasil. O evento será realizado no auditório do IPEA, em Brasília, a partir das 14 horas, com a presença de defensores públicos de todo o Brasil, de representantes do sistema de justiça e da imprensa.

A pesquisa faz um mapeamento inédito da presença da Defensoria Pública em todos os Estados brasileiros, retratando a atuação territorial e identificando as comarcas atendidas e não atendidas pelos defensores públicos. O estudo também promove a comparação do quadro da Defensoria Pública com o número de comarcas, órgãos judiciais e população potencialmente destinatária de seus serviços, bem como retrata o déficit latente de defensores públicos em relação a número de juízes e promotores de justiça.

“O Mapa é uma pesquisa que há anos queríamos ver realizada, para conhecermos onde a Defensoria Pública está presente, qual o perfil socioeconômico e a localização da população atendida, enfim para avaliarmos os avanços e, sobretudo, os grandes passos que faltam ser dados para universalizarmos o serviço da Defensoria Pública no Brasil”, pontua o presidente da ANADEP, André Castro.

Segundo ele , o estudo poderá ser uma ferramenta de auxílio na gestão da Defensoria Pública e de orientação para os necessários investimentos do Poder Público, na medida em quem apontará com clareza e precisão os principais obstáculos a serem superados.
Veículo: Ascom ANADEP
Estado: DF

http://www.anadep.org.br/wtk/pagina/materia?id=16893

Compartilhe