Defensores públicos paralisam as atividades hoje e amanhã em todo o Ceará. A categoria deixa de realizar o atendimento para pedir por autonomia plena e preenchimento dos cargos vagos.
A paralisação já tinha ocorrido no início do mês e deve se repetir também em junho, caso não haja resposta do Governo. Segundo a Associação dos Defensores Públicos do Estado do Ceará (Adpec) uma última paralisação, de 72 horas, está prevista para os dias 4, 5 e 6 de junho. “Não conseguimos nenhum contato com o Governo após a primeira paralisação. Queremos uma resposta”, pontua o presidente da Adpec, Adriano Leitinho.
Na falta de negociação com o governo até esta data, deve ser marcada uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir a possibilidade de uma greve geral. Desde o dia 20 de abril, os defensores permanecem em estado de greve. Durante os dias de paralisação, a categoria estará reunida na Assembleia Legislativa pedindo apoio. Dos 184 municípios cearenses, apenas 50 possuem Defensoria Pública. Atualmente são 291 defensores públicos no Ceará. Na Capital, são aproximadamente 130.”
Blog do Eliomar
http://blog.opovo.com.br/blogdoeliomar/
 

Compartilhe