Vinte candidatos aprovados no último concurso da Defensoria Pública do Ceará participaram de reunião com a presidente da Associação dos Defensores Públicos, Mariana Albuquerque, com o intuito de pressionar pela nomeação de novos profissionais para a Instituição. “Não entendemos porque a demora na nomeação, já que há orçamento para isso, aprovado na Assembléia Legislativa especificamente para contratação de 60 novos defensores ”, questionam os candidatos.A presidente da ADPEC lembra que há uma carência enorme de defensores públicos no Ceará, daí a importância da nomeação. Hoje em dia, apenas 43 das 168 comarcas do interior do Estado contam com defensor público. A nomeação de mais colegas trará benefícios para a população, que contará com uma assistência jurídica mais abrangente”, conclui, lembrando que pesquisas do Ministério da Justiça indicam que nos locais onde há defensor público o Índice de Desenvolvimento Humano é maior”.

Compartilhe