O V Congresso da Associação Interamericana de Defensorias Públicas (AIDEF) reunirá mais de 800 participantes, entre defensores públicos brasileiros e estrangeiros de países de todo o continente americano. O evento começa, oficialmente, no dia 15 de agosto, às 18h, no Theatro José de Alencar, com um coquetel de abertura com as apresentações musicais do Trio Regional Pirata, do Coral das Presas e do Maracatu Az de Ouro. Em seguida, às 18h30, os congressistas participam da cerimônia de abertura, que contará com a presença de autoridades estaduais, nacionais e internacionais, entre elas, o ex-secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA) e embaixador brasileiro, João Clemente Baena Soares.
Ao todo, serão apresentados oito painéis e uma conferência com 20 expositores brasileiros e estrangeiros, entre palestrantes, painelistas e debatedores, especialistas renomados internacionalmente, que promoverão um debate aprofundado sobre os mecanismos para a efetivação dos Direitos Humanos. Além disso, será realizada a posse do novo Comitê Executivo da AIDEF, a entrega do Colar do Mérito da ANADEP, a definição do tema da próxima Campanha Nacional das Associações e das Defensorias Públicas de todo o Brasil, bem serão feitos lançamentos de livros de defensores públicos brasileiros e promovidas as tradicionais reuniões temáticas do CONDEGE e da ANADEP.
Para finalizar o evento, o ministro da Corte Suprema de Justiça da Nação Argentina, Raul Eugênio Zaffaroni, fará uma conferência, às 18h do dia 17 de agosto, sobre a dogmática penal e as garantias em perspectiva. Na mesma noite, a partir das 21h, os participantes poderão confraternizar na festa de encerramento, ao som da bateria Unidos da Cachorra e da dupla Carol e Herlon, no Barbra’s Buffet. Lembrando que todos os congressistas inscritos terão direito ao convite da festa e a comprar mais um para acompanhante. Já os assessores de comunicação das associações e Defensorias, estudantes e estagiários de Direito poderão adquirir a entrada por R$ 80,00.

Traslado
Tanto para solenidade de abertura quanto para a festa de encerramento, que integram a programação social oficial do V Congresso da AIDEF, a organização disponibilizará traslado aos participantes, com saída em dois horários diferentes, dos três hotéis oficiais do evento (Blue Tree, Praia Centro, Holiday In).
Os interessados em contratar o serviço de transporte para deslocamento durante as atividades do Congresso devem entrar em contato com a agência de turismo Casablanca, pelo e-mail eventos.for@casablancaturismo.com.br ou pelos telefones 4002 3536 (custo de ligação local), (85) 3466-6097/3466-6079/3466-6000.
Já quem preferir utilizar transportes públicos, Fortaleza conta com serviços de ônibus, vans, táxis e moto táxis que funcionam 24 horas e possibilitam ao turista conhecer a cidade com tarifas que estão entre as mais baratas do Brasil.

Descontos em restaurantes
A organização do V Congresso da AIDEF firmou parceria com alguns estabelecimentos gastronômicos de Fortaleza para oferecer ao participante do evento 10% de desconto mediante a apresentação do crachá. Os restaurantes conveniados são: Ryori (Shopping Buganvilia), Santa Grelha (Aldeota), La Pasta Gialla (Pátio Dom Luís), Sacada Gourmet (Ponta Mar Hotel) e Sputinik (Meireles). Aproveite essa oportunidade exclusiva!
 

Bloco de Defensores Públicos Oficiais do Mercosul e ANADEP lançam cartografia de acesso à justiça
A Cartografia de Acesso à Justiça no Mercosul conta com informações essenciais sobre as Defensorias Públicas do Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai e Venezuela. O estudo que será lançado durante o V Congresso da AIDEF foi realizado pelo Bloco de Defensores Públicos Oficiais do Mercosul em parceria com a Associação Nacional dos Defensores Públicos (ANADEP). A obra foi organizada pelas defensoras públicas brasileiras Adriana Fagundes Burger e Amélia Soares da Rocha com a colaboração da defensora pública uruguaia, Silvia Sturla Taes.
Segundo Silvia Sturla, a publicação será uma contribuição valiosa tanto para os defensores públicos do Bloco como também para os da América Latina e Caribe. “Será uma ferramenta importante para ver quantos somos, o quê fazemos e onde estamos, o que nos dará mais força na defesa dos direitos de todos os que precisam de acesso à justiça”, declarou no prefácio do Cartografia. Já as autoras, Adriana Burger e Amélia Rocha, acreditam que o mapeamento realizado ajudará no fortalecimento da instituição.
“Nosso movimento constante, aliada com a troca natural e útil de experiências, está fazendo a diferença na consolidação e reconhecimento da Defensoria Pública. A cada ano a necessidade de assegurar a proteção civil e a sua importância para o cidadão. Então, aqui é uma semente de utopia. A responsabilidade recai sobre cada um de nós. Vamos regar essa semente”, destacaram na apresentação do texto que será apresentado aos congressistas nos dias 16 e 17 de agosto.

Fonte: Informativo ANADEP

Compartilhe