A parceria em ter a ADPEC e a Escola Superior da Defensoria Pública (ESDP) para a realização do projeto de educação em direitos, Na Pausa, resultou em um enorme sucesso na internet. A realização de lives temáticas no perfil do instagram das duas entidades soma hoje o acesso de mais de 30 mil espectadores.

Os encontros do Na Pausa estão a quatro meses no ar e já realizou quase 50 lives reunindo sempre defensoras e defensores públicos do estado do Ceará com atores do sistema de justiça de todo o Brasil. Os debates são realizados três vezes por semana, sempre às 17h, e sempre ficam salvos nos perfis da ADPEC (@adpec) e da Defensoria Pública do Ceará (@defensoriaceara) o que garante o acesso ao conteúdo para quem não pôde assistir ao vivo ou para consultas ao conteúdo.

A presidenta da ADPEC, Amélia Rocha, ressalta a importância do projeto nesse momento atípico e delicado em que o mundo está passando. “As pessoas começaram a estar ainda mais presentes nas mídias digitais e percebemos que seria importante que a gente permanecesse presente na rotina delas, levando debates sobre direitos e justiça. O #NaPausa vem possibilitando isso. As lives por serem espontâneas, informais acabam favorecendo uma conexão boa e fluida, fomentando uma maior consciência sobre os direitos”, destaca Amélia. A diretora da Escola Superior da Defensoria, Patrícia de Sá Leitão afirma que com o sucesso do projeto a Escola pode dar continuidade, mesmo ao fim da pandemia e do isolamento social. “Desde o começo da pandemia, quando tivemos ciência da necessidade do isolamento social, sabíamos que a instituição teria que se adequar de forma geral para que os serviços não parassem. É muito bom vermos que os esforços estão frutificando de forma positiva.”, complementa Patrícia.

 

O projeto Na Pausa nasceu pela necessidade de levar ao público assistido pela Defensoria a promoção da cidadania, principalmente nesse período de pandemia em que o isolamento social trás tantos problemas novos e o atendimento está sendo remoto. A escola também teve seu funcionamento alterado e suspendeu sua agenda de atividades para se alinhar ao decreto do Governo do Estado.

Compartilhe