“Pela primeira, defensores públicos deixam seus gabinetes e vão falar diretamente com a população. Desta vez, o público são as crianças e os adolescentes. Para falar a sua linguagem, viramos atores e fomos interpretar uma peça que apresenta os seus direitos e deveres”, explicou o presidente da Associação dos Defensores Públicos, Adriano Leitinho, sobre a peça ‘Criança e Adolescente: chegou a sua vez!’, que foi encenada pelos próprios defensores, na sexta-feira passada, às 9 horas, no teatro do CUCA Che Guevara, na Barra do Ceará. O público, formado por estudantes da rede pública, lotou o auditório e interagiu com os ‘atores’.
A peça mostra alunos debatendo com o “super defensor” que apresenta os conceitos do Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA e o papel no defensor na luta por seus direitos.
O grupo ‘Defensores em Cena’ irá percorrer todo o Estado, levando a peça para escolas e instituições públicas. A segunda apresentação será no próximo dia 3, na sede da Defensoria Pública-Geral, Bairro Luciano Cavalcante, e em seguida, dia 28, a peça será exibida no Teatro José de Alencar.
 

Compartilhe