É com alegria e responsabilidade redobrada que me apresento hoje, aqui, para assumir um segundo mandato na presidência da Diretoria de nossa entidade de classe.

Aproveito este momento para reafirmar nossos compromissos com os defensores públicos do Estado do Ceará de avançar rumo aos anseios de toda a classe.

Inicialmente quero agradecer aos associados a expressiva votação que a chapa: “compromisso e independência ” obteve no pleito realizado no dia 05 de dezembro, demonstração inconteste de confiança depositada em mim e nos demais membros da diretoria e do Conselho Consultivo e fiscal.

Também quero agradecer a parceria, a união e a disponibilidade da Diretoria que encerrou o mandato em dezembro passado. A contribuição de todos vocês nas conquistas de nossa classe fica registrada de forma indelével na história da Adpec. Prossigo na missão com a certeza que estaremos sempre na mesma trincheira lutando por uma Defensoria Pública forte e pela classe cada vez mais valorizada.

Igualmente quero abraçar com entusiasmo a Diretoria e Conselho, hoje empossados, com a certeza de que a entidade que estamos edificando foi e sempre será resultado de uma construção coletiva, da pluralidade de opiniões, da convivência com as divergências e da capacidade de construir consensos.

A democracia em uma entidade de 346 associados pode ser muitas vezes barulhenta e complexa, pois temos nossas próprias opiniões. Cada um de nós tem suas crenças, ideias e isso em alguns momentos, certamente, incita controvérsias.

Isso não vai mudar e isso não deve mudar. Essas discussões, a antítese, o confronto de ideias é a marca da nossa liberdade. É na divergência respeitosa que crescemos.

Tenham a certeza de que o diálogo comprometido e independente será a marca de nossa gestão na qual colocaremos o melhor de nossas capacidades, de nosso trabalho e de nossa força na concretização de um projeto de crescimento institucional e de valorização da carreira.

Este é o meu compromisso e o de todos que ao meu lado lutarão nos próximos 2 anos.

Sabemos que nossa gestão deverá avançar rumo a materialização dos anseios compartilhados por todos os associados: estar presente em todos os municípios do Estado do Ceará e a implementação da isonomia remuneratória da carreira em relação aos demais integrantes dos órgãos componentes do Sistema de Justiça garantindo com isso a paridade de armas para garantir com efetividade a democratização do acesso a Justiça.

Acredito que podemos agarrar nosso futuro juntos. Somos maiores do que a soma de todas as nossas ambições individuais e continuaremos sendo bem mais do que uma associação em busca de fins corporativistas.

Somos uma congregação de agentes de transformação social e esta condição nos liga umbilicalmente às causas populares, pois servimos de instrumento apto a viabilizar o acesso à ordem jurídica justa e eficaz abrandando a sede de dignidade e cidadania de grande parcela da população.

É por essa razão que nossa atividade classista se converte em política institucional de transformação social. O que é direito para o defensor público se materializa em direitos para os usuários de nossos serviços.

Nossos anseios de classe se confundem com nossa finalidade institucional, na medida em que é na atuação ordinária de nossa atividade fim que encontramos fundamento e força para efetivação de nossos pleitos.

A Adpec está prestes a completar 35 anos de existência. Foram muitas lutas, muito trabalho e embora nosso caminho tenha sido árduo, embora nossa jornada tenha sido longa, nós reagimos, abrimos caminhos, conquistamos e temos a certeza em nosso íntimo que para os defensores públicos do estado do Ceará o melhor ainda está por vir.

Muito obrigada!!

Compartilhe