Em assembleia extraordinária, realizada no último dia 10 de agosto, a ADPEC aprovou, por unanimidade, a mudança do seu nome para atender uma questão de igualdade de gênero na nomenclatura da entidade que agora se chama Associação das Defensoras e Defensores Públicos do Estado do Ceará. O novo nome não afetará a sigla da Associação que continuará sendo ADPEC. A mudança segue uma tendência que tem atingido as associações e entidades e começou com a mudança do nome da Associação Nacional, ANADEP, em junho deste ano, também com o mesmo propósito.

A defesa da proposta foi feita pela presidente da ADPEC, Ana Carolina Gondim, que argumentou a natureza da existência da própria Defensoria Pública como responsável por promover políticas inclusivas que garantam a igualdade de gênero. “É fundamental que façamos essa alteração para que possamos nomear a presença da mulher na Associação, possibilitando uma visibilidade antes sombreada por nomenclaturas masculinizadas”, declarou.

Para o presidente da ANADEP, a mudança é fundamental e vem ao de encontro do trabalho da Defensoria Pública. “É mais que a mudança do nosso estatuto. É a ratificação do compromisso da ANADEP com sua atividade-fim, que é a busca pela garantia dos direitos, e da nossa atuação associativa, dando maior visibilidade às defensoras públicas que integram a Defensoria Pública e a nossa Associação. Queremos, para além da mudança do nome, promover debates e construir projetos sobre a questão da igualdade de gênero e dos direitos das mulheres. Além do trabalho interno, queremos também fomentar o necessário debate sobre a nossa atuação e, assim, promover políticas públicas na área para as usuárias da nossa Instituição”, aponta.

Outras Associações classistas também têm seguido esse movimento e estão incluindo termos linguísticos femininos em suas nomenclaturas. No sistema de Justiça, a Defensoria Pública tem a maior proporção na igualdade de gênero, 49% dos cargos são ocupados por mulheres. Dos 14 cargos de diretoria da ADPEC, nove são ocupados por mulheres. Ficou deliberado na AGE que os órgãos oficiais serão informados sobre a mudança do nome da ADPEC somente no final do ano, após a troca de gestão da Associação, com o objetivo de não gerar gastos extras.

Compartilhe